Fazer login

domingo, 30 de junho de 2013

Não!

Não de chocolate ao leite para o seu cãozinho, isso pode ser fatal à ele!!! Tome muito cuidado com isso!



Meu cão não quer comer! O que fazer?


Efeito “outros cães”
Quem tem mais de um cão em casa e quer estimular o apetite deles pode colocar os pratos com alimento próximos um do outro. Como animal competitivo que o cão é, quando percebe outros cães interessados na comida dele, passa a ingeri-la para evitar que a roubem. Esse comportamento é instintivo, herdado dos ancestrais que, se não comessem ou comessem devagar, ficariam em desvantagem.
Abrir o apetite
Um pequeno mal-estar, causado talvez por uma leve gastrite, pode deixar o cão indisposto para começar a comer. Ele olha para a refeição sem ânimo ou até com sinais de não estar passando bem (virar a cabeça, contrair o abdômen). O truque é você dar a ele alguns grãozinhos de ração ou um petisco, longe do prato de comida, para ver se ele melhora e se interessa pelo prato de ração. Quando o cão é adestrado, há, ainda, a possibilidade de praticar alguns comandos com ele e recompensá-lo com um pouquinho de ração ou com petisco em cada acerto, para abrir o apetite.
Menor quantidade
Antigamente era comum alimentar os cães adultos apenas uma vez por dia. Hoje se sabe que o ideal é eles comerem pelo menos duas vezes por dia, para evitar alguns problemas de saúde como gastrite e complicações, como torção gástrica.
Há cães que sentem mais apetite numa determinada hora do dia ou que se alimentam compulsivamente em determinadas situações de estresse. Esses, com freqüência, recusam alimento durante o resto do dia. Tanto que uma parte dos cães com ração à disposição o tempo todo alimenta-se só uma vez por dia.
Quando o cão não come uma das refeições, os donos ficam aflitos e sempre compensam colocando mais ração na refeição de maior interesse dele. O problema é que o excesso de alimento numa refeição reduz o apetite na próxima. Por isso, recomenda-se fazer o oposto nesse caso: diminuir um pouco a quantidade de comida oferecida a cada vez, para o cão comer sempre com apetite.
Há cães que só se alimentam quando os proprietários chegam em casa. Nesse caso, diminui-se a quantidade de comida oferecida na refeição em que estão mais estimulados, para também comerem bem na outra.
Reforçar o ato de comer
Muitas pessoas não sabem, mas treinam seus cães para recusar alimento. Esse comportamento é reforçado quando o cão percebe que, se não comer, o dono fica e conversa mais com ele, e até lhe dá comida na boca. Se for um cão carente, o comportamento será ainda mais influenciado. O grande problema, nessa situação, é que, na ausência do dono, o cão fica sem se alimentar e pode até passar fome. E, se sofrer de ansiedade de separação, as conseqüências tenderão a ser mais evidentes. O melhor é tentar corrigir o hábito pouco a pouco, sem jamais deixar faltar comida ao cão por muito tempo. Para tanto, há um conjunto de iniciativas que podem ser adotadas: oferecer ração mais saborosa, diminuir um pouco a quantidade servida para aumentar o apetite e evitar falar com o cão se ele não estiver comendo a refeição servida. Ou, então, ignorá-lo se ele não der atenção à refeição e elogiá-lo enquanto se alimenta.

Ovos para cães.




Os ovos são uma ótima fonte de proteína digestível, riboflavina e selénio. Para alguns cães que têm problemas de estômago, os ovos são ótimos para lhes dar alguma proteína digestível. Juntar ovos à alimentação do cão é uma opção saudável. Certifique-se que os ovos estão bem cozidos, pois ovos crus podem causar deficiência em biotina. Se fizer muito exercício com o seu cão, considere dar-lhe ovos cozidos como guloseima.
Lembre-se, antes de qualquer mudança na alimentação do seu cachorro, é bom sempre conversar com um veterinário. Ao perturbar o balanço das vitaminas e minerais, pode provocar efeitos negativos na saúde e bem-estar do seu cão. Uma boa nutrição, em conjunto com um bom programa de saúde, pode aumentar a esperança de vida em mais de 15%.

Meu cão comeu veneno! E agora?

Dar água? Dar leite? Forçar o vômito? O que fazer quando seu pet acaba comendo veneno? Descubra aqui o que fazer caso isso aconteça e dicas para evitar esse acidente

Apesar de todos os cuidados que temos, os pets acabam fazendo coisas que fogem do nosso controle, e nessas horas o melhor é estar prevenido e saber o que fazer. O médico veterinário Marcelo Quinzani, diretor clínico do Hospital Veterinário Pet Care Morumbi ensina o que fazer quando o animal ingere veneno, e quebrando a maioria dos mitos que vemos por aí, o certo não é forçar o vômitodar leite ou água, isso pode agravar o caso, dependendo do que o animal ingeriu. A única coisa que você deve fazer é correr para o veterinário com o frasco, nome ou identificação do que o pet ingeriu, lembrando que quanto mais rápido for o atendimento, maiores as chances de salvá-lo.
Marcelo diz que caso o envenenamento seja por contato tanto na pele quanto nos olhos, deve-se lavar a área afetada com água abundante e também ser levado para um veterinário.
As dicas do doutor Marcelo são: mantenha os produtos tóxicos fora do alcance de animais e crianças, como remédios, produtos de limpeza, venenos de barata, rato ou insetos, adubos de planta e até algumas plantas tóxicas. Além disso, é necessário sempre ter o telefone e endereço de uma clínica veterinária 24hs próxima, para saber onde levar seu amigo em caso de algum acidente.


sintomas : perda de senso de direção,moleza e falta de coordenação das pernas, aquecimento do corpo, vomito, baba, nariz seco, bruxismo, espasmos estomacal, alta pulsação sanguínea na área frontal da cabeça, enrolamento da língua, olhos vidrados, e com certeza se não for socorrido,nos primeiros 15 minutos é morte certa e dolorosa.

sábado, 29 de junho de 2013

Marley ♥

"Cães não precisam de carros luxuosos, casas grandes ou de roupas chiques. Água e alimentos já são o bastante. Um cachorro não liga se

você é rico ou pobre. Esperto ou não. Inteligente ou não. Dê o seu coração e ele dará o dele. De quantas pessoas podemos dizer o mesmo?

Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puras e especiais? Quantas pessoas nos faz sentir...extraordinários?"




"Os cães são o nosso elo com o Paraíso. Eles não conhecem a maldade, a inveja ou o descontentamento. Sentar-se com um cão ao pé de uma colina numa linda tarde, é voltar ao Éden onde ficar sem fazer nada não era tédio, era paz."

Peço desculpas...

PEÇO DESCULPAS...


POR NÃO SER UM LABRADOR, OU UM PASTOR ALEMÃO, QUE TODO O MUNDO QUER PARA SER SEU AMIGO,



POR SER UM CÃO DE RAÇA CONSIDERADA PERIGOSA, QUE TODOS TÊM MEDO...


PELOS HUMANOS QUE TREINAM MEUS IRMÃOS, PARA LUTAS COM OUTROS CÃES, OU MESMO PARA ATACAR PESSOAS;



E POR MUITAS OUTRAS COISAS...




EU TE PEÇO DESCULPAS ENTÃO,
 POR TER NASCIDO,

                                            UM    PITBULL


Um viva!! Para cada pitbull, que existe no mundo...
 
 

Visão dos cães

Visão dos cães
Visão dos cães